Em unanimidade, vereadores repudiam serviços prestados pela operadora vivo

por Giva publicado 05/12/2019 14h29, última modificação 03/12/2020 20h48
O assunto foi discutido em sessão nesta terça-feira 03

A Câmara Municipal de Porto Murtinho cobrou esclarecimentos sobre os precários serviços prestados pela operadora de telefonia celular Vivo na cidade. Foi enviado à empresa um requerimento assinado por todos os parlamentares solicitando a vinda do responsável técnico para explicações.

O profissional deveria apresentar a população o motivo da inconstância do sinal na cidade, durante três dias somente neste mês. O documento emitido pelos vereadores solicita a alteração do sinal analógico para o sinal de telefonia digital entre outros pontos.

Durante o expediente os vereadores aprovaram dez Projetos de Lei e apresentaram indicações, na sessão desta terça-feira o prefeito Derlei Delevatti esteve presente e acompanhou o trabalho dos parlamentares.

O vereador Sérgio Bacha requereu que sejam utilizados os recursos das emendas parlamentares recebida do deputado estadual Felipe Orro, recursos voltados para aquisição de quatro pontos de internet e de aparelhos de ar condicionado destinados a escola rural São Lourenço Sala Araci Brandão Bacha, de acordo com o vereador, este recurso foi um compromisso do deputado com o município.

A vereadora Marciana solicita a troca de lâmpadas queimadas da rede de iluminação pública em toda a Vila Célia. Marciana pediu também o cascalhamento em todas as Ruas da Vila Célia.

Marciana solicitou a colocação de um bebedouro na fazenda papagaio. A vereadora pediu também o cascalhamento da Rua Coronel Ponce com a Francisco de Oliveira.

A vereadora Fátima Vidotte requer a criação de um projeto de lei de municipalização da estrada rural Cayman com a extensão e seu prolongamento com a localização inicial partindo da estrada rural na Colônia Bocaiuval.

Fátima Vidotte também apresentou uma indicação solicitando a instalação de um redutor de velocidade na Rua General de Oliveira, em frente à igreja Nossa Senhora de Caacupê e também na Rua Luiz de Albuquerque. Fátima explicou que este pedido foi feito pelos moradores da região.

Vidotte também solicitou que a prefeitura coloque aterro na escola Nossa Senhora Caacupê para evitar que o local fique inundado de em dias de chuvas.

Fátima Vidotte solicitou em sessão a manutenção da ponte de madeira do bairro Dom Pepe. Moradores procuraram a vereadora informando que local pode ocasionar acidentes caso não seja feito uma manutenção adequada.

A vereadora sugeriu ainda que seja construído um parquinho no bairro Nossa Senhora Caacupê, por ser um bairro distante da região central, as crianças precisam de um espaço de lazer e com segurança comentou Fátima.

Fátima Vidotte solicitou junto ao Governo do Estado e a AGEHAB a viabilidade para construção de casas populares na aldeia indígena Tomázia.

Fátima também solicitou em sessão que seja promovido cursos profissionalizantes aos condutores de turismo de pesca e guias de pesca.

Fátima Vidotte ainda propôs a criação de uma comissão para a preservação e compensação ambiental da biodiversidade. A vereadora do PR propôs também a disponibilidade de viabilizar mais recursos para se trabalhar com o tema bastante discutido que é a violência contra a mulher.

A vereadora Zilda Duré cobrou melhorias no serviço de telefonia e internet no município, através de indicação assinada por todos os colegas ela comentou do péssimo serviço que esta sendo prestado pelas operadoras.

Zilda também solicitou a limpeza do terreno baldio localizado na Rua Doutor Costa Marques, entre a Rua General de Oliveira esquina com a 15 de novembro no bairro Nossa Senhora Aparecida.

A vereadora encaminhou um pedido a empresa LOG Engenharia, empresa responsável pela manutenção da rede de esgoto do município.

A indicação de Zilda é para que seja feito a manutenção na rede de esgoto na Rua João Paes de Barros esquina com a Rua General de Oliveira sentido ao bairro Dom Pepe.

O vereador Rodrigo Fróes Acosta protocolou uma moção de repúdio a empresa de telefonia móvel VIVO S/A pela má prestação de serviços aos clientes no município de Murtinho.

Os vereadores Jayme Evandro e Élbio Balta encaminharam um ofício solicitando junto à deputada Rose Modesto a aquisição de aparelhos de ar condicionado para os leitos do Hospital Oscar Ramires.

O vereador Élbio solicitou a retirada de galhos e coleta de lixos na Rua 13 de junho, bairro Salim Cafure. O vereador do PR pediu ainda que seja feito o cascalhamento e patrolamento da estrada que liga a Colônia Bocaiuval ao KM6.

Devido a orla ser bastante frequentada aos finais de semana, as lixeiras que foram colocadas no local foram quebradas e acumulo de lixo vem aumentando, em sessão desta terça-feira, o vereador Élbio solicitou que seja recolocado novamente essas lixeiras e que seja feita uma campanha de conscientização para que a mesma não seja destruída novamente.

O vereador Jayme Evandro solicitou a troca de lâmpadas na Rua 14 de julho, entre a Rua José Bonifácio e 15 de novembro. Jayme também solicitou na última sessão a limpeza do terreno baldio localizado na Rua Doutor Costa Marques, entre e José Bonifácio e General de Oliveira.

O vereador também pediu a recolocação das tampas de bueiros que foram retiradas no momento da execução do asfalto na Avenida Laranjeiras, entre a Rua Presidente Vargas, Capitão Cantalice e 14 de julho.

O vereador Sérgio Bacha comentou e apresentou uma moção de aplausos à comissão de apoio montado para a instalação da CPI contra a Energisa proposta pelo deputado Felipe Orro.

A vereadora Sônia Ferreira reiterou uma indicação de sua autoria onde solicitou a reforma e colocação de ar condicionado na creche Laura Vicuña.

Projetos de Lei:

Foi aprovado em segunda votação o projeto de lei do executivo municipal que autoriza a desafetação do domínio público e a doação de imóvel.

Deu entrada o projeto de lei de autoria do executivo municipal que dispõe sobre alterações a lei sobre o orçamento anual de 2019.

Deu entrada o projeto de lei de autoria do executivo municipal que autoriza o poder executivo a reparcelar débitos do consumo de energia elétrica junto ao grupo Energisa.

Deu entrada e foi aprovado o projeto de lei de autoria do executivo municipal que dispões sobre a possibilidade de prorrogação dos contratos temporários até a aprovação dos candidatos do concurso público.

Deu entrada também o projeto de lei de autoria do executivo municipal que autoriza a proceder com a doação da sobra referente à área desmembrada de imóvel.

Foi aprovada a entrada do projeto de lei de autoria da vereadora Fátima Vidotte, que institui a Semana de Apresentação de Bandas e Fanfarras e Orquestra de Violão em Porto Murtinho.

Em primeira votação foi aprovado o projeto de lei de autoria do executivo municipal que autoriza a doação de lotes de terrenos de sua propriedade aos beneficiários de Programas de Interesse Social.

Aprovado em segunda votação o projeto de autoria da Comissão Especial que trata da emenda modificativa e supressiva.

Após as votações, os vereadores fizeram suas considerações e o presidente Flávio Abreu agradeceu a todos que se fizeram presente na sessão fazendo o convite para que todos acompanhem as últimas sessões do ano de 2019.